top of page
  • Foto do escritorHigor Barbosa

Como o conteúdo gerado pelo usuário (UGC) será o futuro das experiências de comércio eletrônico?



Em um mundo onde a voz do consumidor ecoa através das fronteiras digitais, emergiu como um agente de transformação no varejo online, oferecendo uma voz autêntica aos consumidores e moldando a maneira como as marcas interagem com seus públicos. A relevância do conteúdo gerado pelo usuário (UGC) nunca foi tão evidente quanto agora, com consumidores buscando experiências de compra mais envolventes e personalizadas. 


Estudos recentes lançam luz sobre a importância do conteúdo gerado pelo usuário (UGC). De acordo com um relatório da Salsify, cerca de 40% dos compradores consideram o UGC extremamente ou muito importante ao tomar decisões de compra. 


Origem do UGC 

Originário dos primórdios da internet, onde os usuários começaram a compartilhar suas opiniões em fóruns e blogs, o UGC evoluiu para se tornar um pilar central nas estratégias de marketing digital das grandes marcas.


Para se ter uma ideia da sua dimensão atualmente, hoje, o conteúdo gerado pelo usuário (UGC) é visto como um elemento crucial para enriquecer a jornada de compra online, oferecendo uma perspectiva genuína e influenciando o comportamento de compra. 


Benefícios Significativos para Marcas e Consumidores 

O conteúdo gerado pelo usuário (UGC) é uma ferramenta poderosa que traz inúmeros benefícios para marcas e consumidores. Para as marcas, o UGC não só reforça a confiança e a autenticidade, já que opiniões de outros consumidores são altamente valorizadas, mas também fomenta a criação de comunidades engajadas. Essas comunidades atuam como embaixadores da marca, promovendo produtos e serviços de forma orgânica e autêntica. 


Além disso, o UGC é um excelente aliado na construção de lealdade à marca e desempenha um papel crucial no SEO. O conteúdo gerado espontaneamente pelos usuários muitas vezes ecoa a linguagem e as pesquisas feitas pelos consumidores, o que melhora significativamente a visibilidade da marca nos motores de busca e, por consequência, aumenta o tráfego orgânico para sites de e-commerce. 


A dinâmica gerada pelo UGC desencadeia um efeito cascata na jornada de compra do consumidor. Ao fornecer insights valiosos sobre os produtos, o UGC influencia diretamente nas decisões de compra, tornando-se um mecanismo essencial para entender e atender melhor às necessidades e desejos dos clientes. 


Estratégias de Estímulo ao UGC 

Para potencializar o conteúdo gerado pelo usuário (UGC), as empresas podem se valer de estratégias avançadas e criativas. Personalizar a experiência de compra online é fundamental, e isso pode ser alcançado através do uso intensivo de Inteligência Artificial para analisar os dados e o comportamento dos usuários. Essa análise permite que as marcas ofereçam recomendações e conteúdos altamente relevantes e personalizados. 


Além disso, integrar práticas como Social Commerce e Social Proof pode ser extremamente eficaz. O Social Commerce pode ser aplicado diretamente aplicado à loja da marca, trazendo a dinâmica já aplicada das redes sociais na própria loja da marca. Já o Social Proof se baseia nas interações e aprovações sociais, como avaliações e recomendações, para construir confiança e influenciar positivamente as decisões de compra dos consumidores. 


Incorporar essas abordagens não só estimula a criação de UGC, mas também fortalece a relação entre consumidores e marcas, criando um ciclo virtuoso de engajamento e confiança. O que resulta em um aumento significativo em índices de performance da loja online. Veja aqui alguns casos. 


Desafios e Considerações Legais 

Apesar dos seus vastos benefícios, o conteúdo gerado pelo usuário (UGC) traz desafios e implicações legais que não podem ser ignorados. A moderação do conteúdo é essencial para assegurar que o material seja relevante, apropriado e não infrinja direitos autorais ou normas de conduta. Isso requer recursos significativos e pode ser complexo, especialmente em plataformas com grande volume de UGC. 


Do ponto de vista legal, a conformidade com regulamentos como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil e o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) na União Europeia é fundamental. Estas leis impõem rigorosas obrigações às empresas no que diz respeito à coleta, armazenamento e processamento de dados pessoais. As empresas devem garantir que o UGC não viole a privacidade dos usuários e que os dados sejam utilizados de maneira transparente e com o consentimento adequado. 


Aliás, o UGC pode envolver questões de responsabilidade, onde a empresa pode ser responsabilizada por conteúdos difamatórios, discriminatórios ou que de outra forma causem danos. Portanto, é crucial estabelecer políticas claras de UGC, implementar sistemas eficazes de moderação e estar sempre atualizado com as leis de proteção de dados para mitigar riscos e proteger tanto os usuários quanto a própria empresa. 


Caso de Estudo 

A última novidade da Vurdere, o Portal do Seller no Mercado Livre, representa uma inovação significativa alinhada com o UGC e as tendências futuras das experiências de compra online por várias razões, entre as quais destacam-se: 


  • Engajamento e Conteúdo de Qualidade: O portal enfrenta o desafio do baixo engajamento nos marketplaces, incentivando os vendedores a criarem conteúdos mais detalhados e informativos para suas páginas de produtos. Isso não só melhora a experiência do usuário, mas também aumenta a probabilidade de conversão de vendas. 


  • Feedback Direto e Visibilidade da Marca: Ao oferecer aos vendedores acesso direto ao feedback dos clientes, o Portal do Seller permite que eles respondam prontamente às necessidades e preocupações dos consumidores. Isso aumenta a visibilidade da marca e fortalece a confiança dos clientes, pois eles veem que suas opiniões são valorizadas e consideradas. 


  • Redução de Custos Operacionais: Para os marketplaces, o portal ajuda a reduzir custos operacionais ao diminuir a necessidade de intervenção manual na gestão de conteúdo e atendimento ao cliente, já que os próprios vendedores podem gerenciar suas interações com os consumidores de forma mais eficiente. 


  • Atendimento ao Cliente Aprimorado: Com informações de produto mais completas e a possibilidade de atendimento personalizado, os clientes têm uma experiência de compra mais satisfatória. Isso não só melhora a percepção da marca, mas também contribui para a fidelização do cliente, um aspecto crucial para o sucesso a longo prazo no e-commerce. 


Conclusão 

O UGC é mais do que uma tendência; é uma transformação fundamental nas experiências de comércio eletrônico. Com a evolução contínua da tecnologia, o UGC se tornará ainda mais integrado e vital para o sucesso das marcas.


A Vurdere, com seu Portal do Seller no Mercado Livre, está na vanguarda dessa mudança, oferecendo soluções que não apenas atendem às necessidades atuais dos vendedores e consumidores, mas também pavimentam o caminho para o futuro do comércio eletrônico. 


Desenvolva o Poder Social com a Vurdere! 

Se você é vendedor do Mercado Livre, te convidamos a explorar e aderir ao Portal do Seller. Clique aqui e conecte-se com milhões de clientes no maior marketplace da América Latina.

67 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page